Câmara das Reflexões

Imprimir
Categoria: Cultura Maçônica Publicado em Sábado, 07 Setembro 2013

“Será que meus Irmãos lembram qual foi o primeiro contato que tiveram com a Ordem Maçônica”, quando Profano aqui chegaram.

 

A Câmara das Reflexões é o primeiro contato que o Candidato (Recipiendário) tem com aOrdem Maçônica.   

 

O mais importante papel da Câmara das Reflexões é conduzir o Candidato (Recipiendário) a uma profunda meditação que permitirá o acesso à sua própria alma. O silêncio e o conjunto de símbolos oferecerão ao Candidato (Recipiendário) uma idéia da transitoriedade e da insignificância da vida.

 

É exigido do Candidato (Recipiendário) “despojar-se dos metais  antes do ingresso na Câmara das Reflexões; Disto podemos registrar dois significados simbólicos importantes. Inicialmente diríamos que, ao ser despojado dos metais o Candidato (Recipiendário) estaria despido das vaidades e do luxo da Vida Profana e que o verdadeiro Maçom não deve ser apegado aos bens materiais. O segundo significado seria que os metais perturbariam o campo magnético formado no interior do Templo, não permitindo ao Candidato (Recipiendário) Harmonização com as vibrações magnéticas existentes.

 

A exemplo do que ocorre com o Grão de Trigo que, quando depositado na terra perde sua casca, morre e renasce dando início a um novo ciclo de vida; A retirada de parte das vestimentas significada simbolicamente perda da casca, isto é, perder seus vícios, seus defeitos, sua vaidade e seu orgulho. Significa ainda a Morte do Profano e o Nascimento do Novo Homem, limpo e puro para uma Nova Vida.

 

O LADO ESQUERDO, o LADO DO CORAÇÃO NU , nos lembra o Sentimento de Franqueza, que deverá ser encontrado em todos os Maçons, pois, de peito aberto nada esconderão de seus irmãos, e não darão guarida aos sentimentos maus e nem a falsidade de propósitos.   

  

JOELHO DIREITO NU demonstra Humildade sem Humilhação.   

 

PÉ DIREITO DESCALÇO (ou com uma chinela) traduz o Respeito que se deve ter ao pisar-se em um Solo Sagrado, como o Templo onde será admitido. A rigor diríamos que o Candidato (Recipiendário) deveria ajoelhar-se diretamente sobre o Pavimento de Mosaico e não sobre uma almofada e que deveria também ter o PÉ DIREITO DESCALÇO e não com uma chinela como mandam os nossos Rituais, pois ao fazer o seu JURAMENTO SOLENE, tendo o JOELHO DIREITO e o PÉ DIREITO em contato com o PAVIMENTO DE MOSAICO permitiria que a corrente magnética existente percorresse livremente a esquadria assim formada.   

 

Câmara das Reflexões deve ser construída num plano menos elevado que o Piso do Templo, ela representa um Túmulo onde vai “Morrer um Velho Homem” cheio de vícios para“Renascer” um Maçom com Virtude, Simplicidade e Pureza. Representa também o interior da Terra de onde viemos e para onde retornaremos (Somos Pó e ao Pó Voltaremos). Aquele ambiente úmido, paredes negras, fraca iluminação, repleto de símbolos alegóricos, tudo isto, levará o Candidato (Recipiendário) a uma Profunda Meditação sobre o passo que pretende dar Abandonando uma Vida cheia de Preconceitos, de Orgulho e de Vaidades, para tornar-se um Maçom, ou ainda, arrepender-se e voltar ao Mundo Profano.   

 

  

Pão e a Água são alimentos para o corpo e para o espírito respectivamente. Eles são os alimentos com os quais o homem pode manter-se vivo e que dariam, simbolicamente, forças aoCandidato (Recipiendário) para enfrentar as provas a que irá ser submetido.

 

  

O Enxofre é o símbolo do Espírito e o Sal o símbolo da Sabedoria e da CiênciaO primeiro representa o ardor enquanto o segundo sugere moderação. Apresentados aoCandidato (Recipiendário) em taças separadas na Câmara das Reflexões indicam que ele deve estar sempre cheio de entusiasmo mas que também deve moderar este entusiasmo a fim de que o ardor não o leve a cometer prováveis excessos.

 

  

Ampulheta , antigo instrumento destinado a medir o tempo; parece sugerir ao Candidato (Recipiendário) a necessidade de uma decisão rápida de seus propósitos.

 

  

Testamento é moral e filosófico e não se refere à disposição de bens após a morte. Trata-se, isto sim, de uma afirmação de novos princípios segundo os quais o Candidato (Recipiendário)deverá renunciar à sua Vida Profana. Ao responder: “Quais são os Deveres do Homem para com seus Semelhantes”; suas respostas é que darão a medida pelas quais poderão ser julgados seus propósitos.

 

  

Galo sugere audácia e vigilância. Induz também que um novo dia se aproxima trazendo uma nova e imortal Aurora“É o anunciante da Luz que o Candidato (Recipiendário) irá receber. É o símbolo esotérico desta luz”. Para os HermetistasGalo representava oMercúrio e este reunido ao Sal e ao Enxofre, formavam a Tríade de Princípios encontrados em todos o Corpos.

 

  

Os Símbolos da Morte não são usados para assustar ou meter medo ao Candidato (Recipiendário), mas sim, para indicar o Fim da Vida, quando tudo aquilo que é motivo de preocupação e cuidados do Homem: Riqueza, Glórias, Aplausos, Miséria, Fome, Tristeza, Tudo, Tudo terá um dia o seu Fim e o Homem terá o seu corpo reduzido a uns poucos ossos. Só o espírito portador das qualidades morais revestidas das virtudes permanecerá eternamente vivo!

 

  

Vigilância e a Perseverança significam que todo Maçom deve ter uma Vigilância constante e uma atenção aguçada para aprender, através de acurada investigação, todos os sentidos dos diversos símbolos com que lhe é dado. Esta Vigilância necessita também para a sua completa aquisição, de uma Férrea e Inabalável Perseverança!

 

  

VITRIOL . Esta palavra é fruto das iniciais da frase Latina: “Visita Interiora Terrae Retificando que Invenies Occultum Lapidem”; “Visita o Interior da Terra e nele Retificando encontrará a Pedra Oculta”. É umconvite ao Candidato (Recipiendário) para pesquisar sobre sua própria Alma, o seu próprio EU, sobre o mais profundo do Seu SER O HOMEM VERDADEIRO que habita no Corpo Material. Este “EU” Interior é a “ Pedra Oculta ” ela está no mais íntimo de nossoSER e para encontrá-la devemosagir “Corrigindo para aperfeiçoar” os nossos pensamentos, os nossos costumes,os nossos vícios e a nossa moral.

 

  

As Frases de Advertência espalhadas pelas paredes são estímulos que servem para instruir e reanimar o Candidato (Recipiendário), fazendo-lhe vislumbrar os Princípios Maçônicos que terá de aceitar, caso persista no propósito de se tornar Maçom, sendo dado a ele, inclusive oportunidade de retirar-se, não prosseguindo, então, a Iniciação, evitando assim tornar-se um mau Maçom, o que não é, de forma alguma a vontade da Maçonaria!

 

  

Resumo:   

  

Em resumo, nós diríamos que a Câmara das reflexões é um túmulo, ventre da terra aonde se dá a gestação do novo homem, o homem Maçom, cheio de vícios para renascer um Maçom com virtude simplicidade e Pureza. E para que ocorra esta metamorfose são utilizados inúmeros símbolos alegóricos:   

  

O Pão e a Água .............. Alimentos do Espírito e do Corpo;   

O Enxofre e o Sal...........  Espírito e Sabedoria / Ciência;   

A Ampulheta ................. A decisão deve ser rápida;   

O Testamento ............... Anunciante da nova aurora, da luz;   

Os Símbolos da Morte ...              Somos Pó e ao Pó voltaremos;   

Vitrol ........................    Pesquisar o nosso EU retificando os nossos   

Defeitos;   

Frases de Advertência... Evitar ingresso de um mau Maçom e assim podemos afirmar que atingimos o nosso objetivo que foi fazer com que os IIr...compreendessem a finalidade daCâmara das Reflexões.   

  

Frases de Advertência :  

“Conhece-te a ti mesmo”;   

“Se a curiosidade aqui te conduz retira-te”;   

“Se queres empregar bem a tua vida, pensa na morte”;   

“Se receias que descubram os teus defeitos, não estarás bem entre  

nós”;

“Se és apegado a distinções mundanas, retira-te, pois não conhecemos tais distinções”;

“Se fores dissimulado, facilmente serás descoberto”; e

“Se tens medo, não vás adiante”.

 

PROFANO :

Aquele que é fora do Templo ou seja, o não Iniciado nos nossos

Mistérios.

 

CANDIDATO ou POSTULANTE :

Aquele que solicita ingresso na Maçonaria.

 

RECIPIENDÁRIO ou INICIANDO :

O nome que se dá ao Candidato durante sua passagem pelas provas

e no dia de sua recepção.

 

NEÓFITO :

Neo = Novo;     {Planta Nova }

Fito = Planta;

Nascido de novo. Ressurgido. O Candidato após as provas da

Iniciação;

Recém Iniciado (Irmão).

IRMÃO:

Título Fraternal que caracteriza e distingue as relações entre os

membros da Maçonaria.

 

 

Fonte:

Coletânea Sobre a MAÇONARIA e Mensagens Para Reflexão

4ª Edição – Dezembro de 2011

Irmão João Alves de Oliveira Filho

Loja Maçônica Paz e Progresso nº 1.184 – GOBMG – REAA

Governador Valadares – MG

Telefone: ( 33 ) 8816 - 6062 - Operadora Oi

 

Trabalho de Pesquisa:

Irmão José Dile da Guia – M.I

ARLS Acácia do Lavradio Nº 3484

Rio de Janeiro – RJ

Acessos: 11810

 

Caros IIr.'.

Pensamento maçônico internacional, onde diz: - para se unirem basta seguir os rituais centenários da maçonaria e serem verdadeiros maçons.
A Maçonaria somos nós, e ela somente será grande se nós formos pessoalmente grandes. Não esperamos encontrar na maçonaria o que não encontramos dentro de nós mesmos. Nada poderá ser maior do que a soma da grandeza de seus componentes.
(Extraído do livro: Antologia Maçônica de Ambrósio Peters)

Online

Temos 80 visitantes e Nenhum membro online